Eu vi a Lili nascer e casar!





Lili, que emoção senti quando você me escolheu como madrinha! Você sabe o quanto te amo.

Por isso mesmo, quis falar um pouquinho aqui, ainda que não goste muito de escrever em blog's, não seguir twitter, nem bater papo pela internet.Confesso, sou uma alienada virtual, o fato é que não poderia deixar de fazê-lo por você. Olha o prestígio, hein!!!!

Conheci Lili ainda na barriga da mãe. Afinal, eu já namorava o padrinho dela, meu maridão há 25 anos,quando Lili nasceu. O padrinho babava por ela. Babava, não! Até hoje, se rasga em elogios quando fala dela.

Levávamos Liliane na pracinha ou ficávamos com ela enquanto a mãe dela cuidava dos afazeres da casa.

Lili sempre teve esses grandes e lindos olhos que são tão expressivos. E sempre muito determinada, desde criança, não desiste até conseguir o que quer. Infelizmente como nem todas as pessoas possuem essa qualidade, alguns não a entendem e até criticam. Só Jesus!

Mas ela é assim: Ame-a ou deixe-a. Eu sempre achei que ela devia fazer como dizia Jackeline Onassis: "Falem mal , mas falem de mim."

Graças a Deus a maioria das pessoas com quem Liliane se relaciona a amam. Aquelas que não gostam dela, eu costumo falar que são apenas criaturas que Ele colocou no mundo para que ela evoluísse espiritualmente. Afinal, a vida não é só feita de flores, não é mesmo? Faz parte. Oh! Lord!

Mas depois de falar um pouquinho da Lili, não preciso dizer como sou suspeita em falar do casamento dela, né?

E que casamento encantador! As músicas da Igreja, tocadas ao som de violinos, foram emocionantes! Não preciso dizer que ao ver Liliane entrar com aquele sorriso radiante, eu começei a chorar! Não aguentei, não. Um filme passou pela minha cabeça e me remeti ao passado ao perceber que aquela linda mulher que estava se casando, em estado de graça, era a Lili, que usava vestido cheio de babadinhos, com muitos cachinhos, e que pedia colo quando cansava de andar.

Lili, foi maravilhoso estar presente ao seu casamento e fazer parte daquela festa tão perfeita. Eu adorei, viu? Nem saí da pista de dança.

Tudo estava maravilhoso, a começar pelo local, MAC, que foi uma escolha perfeita. A decoração, que criatividade, menina, estou orgulhosíssima!

O buffet, embora eu tenha dançado mais do que apreciado, foi TUDO DE BOM. A mesa de doces, estava uma manjar dos Deuses. E vê-la nos braços do seu marido com aquela felicidade transbordando, então. Nossa, era tangível! Como você foi abençoada!

Então, só posso desejar à vocês que continuem a se amar cada vez mais.

Vocês se completam!

Abençoados sejam!

Kátia

8 comentários:

Noiva tatah disse...

Que lindo, depoimento cheio de emoções. Kátia acho que você podia gostar mais de internet hein? você escreve muito bem.

Taís disse...

Lindo, lindo, lindo!!!
Acho que o mais importante é o fato de saber o quanto pessoas especiais que nos viram durante a vida toda, estão presentes neste dia, neh?
Parabéns Lili, tenho acompanhado um pouquinho da sua história no grupo do Yahoo, foi tudo muito lindo, parabéns mais uma vez..
beijoos!!!

Sra. Mari disse...

lindas palavras ... concordo que vc tinha que passara a escrever mais e criar um blog ...

Parabens!

Aldianne Marques disse...

Anem vou ter q parar de ler aqui no horario de serviço, eu soh choro, eita menina q anda chorona!!!

parabéns linda estou louca para ver fotos, a cada depoimento aumenta a ansiedade de ver como tudo ficou

Musa disse...

A Kátia conseguiu me arrepiar! Tão bom saber q somos amadas, né. Lili! :)

Bjos!

Fernanda Moniz disse...

Homenagens são sempre bem vindas, né???
Parabénms a noiva pela escolha da madrinha!
Beijos

Ju disse...

Aí que lindo!!! Amei!! Muito legal conhecer um pouco a visão de quem te conhece há anos!! beijão, ju

Liliane disse...

Essa mulé racha minha cara de vergonha, ai Jesus! Como divulga uma foto dessa, me diz?!rs
Genteeee, ela é completamente fora do mundo virtual, aí descobriu meu blog e durante minha lua de mel leu ele inteirinhoooo....hihihi. Ai fez o post para o blog por ela mesma, sem eu pedir! Achei o máximo!
Ela chorou o casamento inteiro eu olhava para ela, e lá estava ela chorando. Na festa, lá estava ela chorando. Ninguém merece!
O marido dela que á padrinho de batismo e foi de casamento só queria tirar foto, tudo que eu fazia lá estava ele registrando.
Obrigada por ter feito e fazer parte da minha vida!
Beijo da filha emprestada.
Lili