27 dias – historinha de hoje: Alianças







O noivo quando comprou as alianças de noivado, optou pelas tradicionais, pois foi surpresa e assim teria menos chance de errar. Junto ele me deu um solitário. Ele pesquisou e descobriu que quando se faz o pedido sem o conhecimento da noiva, diz à etiqueta que é de bom tom presenteá-la com um anel. Achei tão fofooooo!

A troca “simbólica” em família foi no dia 24/12/08, porém as alianças e o anel só ficaram prontos no dia 15/01/09 e nós fizemos a troca em um jantar a dois, no local onde será nossa festa de casamento.

De lá para cá, só tiramos as argolinhas do dedo para tomar banho e dormir. Vocês devem estar achando engraçado, né? Minha mãe ri todos os dias ao ver minha aliança em cima da mesinha. Não sei porque, mas ambos não consegue dormir com a aliança.

A idéia inicial era usar a tradicional durante o noivado e para o casamento, comprar uma tradicional um pouco modernosa, mas nada muito moderno a ponto de deixar a aliança com cara de anel.

Durante os preparativos falamos sobre isso mil vezes, até porque, o local onde o noivo comprou aceita a devolução das alianças como parte do pagamento de um modelo novo. Mas foram meses e meses de convivência, viagens, sonhos, planos, projetos, em muitos momentos olhamos para ela como um símbolo do nosso amor e do nosso futuro. A idéia de devolvê-la e saber que ela será derretida, parte meu coração....rs. Afinal, ela fez e faz parte da nossa história.

Sendo assim, decidimos continuar com elas, há alguns meses. E logo após a decisão, ganhamos de presente da avó do noivo, o par de alianças que ela e o marido usaram. Ai gente é emocionante ganhar um presente desses, não pelo valor financeiro, mas pelo sentimental. A gravação interna dela é com data de 01/1950. E ela disse que depois que ele morreu, ela guardou para dar de presente a um dos netos, e que ela havia decidido dar a nós, pelo neto ser primogênito e também em saber que eu cuidaria muito bem de algo que a fez muito feliz!

Ontem foi o dia de retirarmos as alianças, e hoje pela manhã eu levei para polis, e aproveitei e levei as que ganhamos de presente para ajustar o tamanho e polir também. Eu estou usando o anel de noivado, então não me sinto tão vazia, já o noivo, ligou para dizer que está se sentindo pelado :)

Beijos



27 days to go!

6 comentários:

Aline disse...

Ai que linduu .. realmente uma aliança dessas não há preço que pague..
falando em algo novo, antigo, emprestando, vc irá fazer aquelas simpatias que rola na net : usar no dia do seu casamento
1-algo novo
2- algo velho
3- algo azul
4- algo emprestado

queria muito saber se realmente é legal ..
bjs

Ju disse...

Lili!!! que fooofo o seu noivo!! Engraçado, eu estranhei um pouco no começo, pois não tenho o costume de dormir de brinco, anel, ou colar... mas a aliança - tanto a do casamento, como o solitário do noivado - eu só tiro para malhar, para não arranjar ou amassar! O maridón também!

Não sabia desse lance do solitário, será que foi por isso que ele me deu um também??

beijinhos, ju

Danee disse...

Nossa que história linda! Eu adoraria usar as alianças dos meus avós.
beijocas

BRUNA SOARES disse...

Ahhhhhhh que lindaaaa

adorei a história das alianças, da vó, adooooooro vó!!! rsrsrsrs

bjosss

disse...

Que coisa linda heim?
Bjs

Liliane disse...

Oi meninas,

Aline, eu sou usar sim essas coisinhas...já tenho o azul..já até falei sobre ele aqui no blog..

----

Ju, esses homens estão ficando tão fofos né? Espero um dia conseguir usar direto também a aliança e o anel. Morro de medo de perder...

----

Danee, é lindo! Fiquei emocionada em saber que ela havia guardado e eu havia sido a escolhida.

-----

Bruna, essa vó é muito especial! Muito mesmo!

-----

Cê, eu também achei lindo!

-----

Beijos amorinhas, e obrigada pelos comentários!