12 dias - Celebrante Ok

Lembram-se que a noiva disse que o final de semana foi muito produtivo? Foi mesmo, e eu vou começar a falar sobre ele.

Vou começar a história lá do início para vocês poderem entender...

Nós vamos nos casar em uma Capela e lá não tem pároco. Eles indicam um padre para celebrar os casamentos, porém é permitido que se leve celebrantes de fora. Eu assisti há vários casamentos para conhecer os celebrantes, mas na maioria das vezes quem estava lá era o padre indicado pela própria Capela. Confesso que eu detesto a celebração que ele faz, Deus que me perdoe, mas não sei como um ser tão engraçadinho pode ser padre. Ele faz piadinhas horríveis do tipo "olha, se você não der conta do recado eu vou lá na sua casa hein?" ou "vocês vieram aqui hoje celebrar um contrato onde não pode haver demissão...".

O problema em casar no domingo começou para achar uma igreja. Liguei para t-o-d-a-s de Niterói e só essa Capela tem disponibilidade, justamente por não ter missa. Depois veio o celebrante, a maioria são párocos e não tem disponibilidade, os que tinham já estavam reservados, pois a data está mega concorrida! Liguei para uns 30 mais ou menos. Até para Diácono eu liguei, como eles não celebram missa, as chances de terem disponibilidade era enorrrrme. Meu pai ficou reclamando que não era legal ter um Diácono celebrando e blábláblá, mas eu precisava tentar tudo! Gente, quando o Diácono disse que não poderia celebrar pois ele faz 14 anos de casado no dia do meu casamento e ria viajar com a esposa eu quase morri de rir para não morrer de chorar...hehehe. Ironia do destino, né não? Mas eu não desisti! Garanti o plano B que era o tal padre indicado pela igreja, pedi para reservarem a data dele....sem celebrante eu não poderia ficar...

Mas eu sou chataaaa demais quando quero uma coisa, só desisto depois que não há mais chances, e nesse caso eu só desistiria a partir do dia 11/10, dia seguinte ao do casamento...hehehehe.

Semana passada eu fui à uma igreja aqui perto de casa e coloquei em prática o plano C...hehehe. Eu cheguei lá chorando, dizendo que iria casar apenas no civil porque nenhum padre estava disponível e blábláblá, perturbei o juízo da secretária. Ela ficou tão comovida que disse que me ajudaria de qualquer jeito...hihi. Sábado, após aquele pesado dos infernos (que o salão de festas estava boiando) eu fui à Igreja e fiquei lá sentada das 8 horas da manhã até quase 9:30 horas que foi quando o padre que eu queria, ou melhor, o único que eu não havia tentado ainda chegou. E eu contei muitas histórias tristes, chorei, a secretária super gente fina pediu, pediu e ele aceitou!

Saí de lá feliiiiizzzzzzzzz! Muito feliiiiizzzzzz! Confesso que eu estava preocupada em ter um cerimônia meia-boca. Quero algo intimista, romântico e emocionante. Eu sei, que no final das contas, eu estou conseguindo tudinho que eu quero.

Meninas, nunca, nunquinha desistam do sonho de vocês! A persistência tem que fazer parte do checklist das noivas. Vale a pena todo o sacrifício!

Beijos, beijos, beijos!








10 comentários:

disse...

Que felicidade Lili, parabéns!!! Nós temos mesmo que acreditar e nunca abrir mãos dos nossos sonhos!!!
Beijos

Ju disse...

hahahhahaha figura!!! ta certa, tem que jogar com todas as armas!!

Agora... que padre é esse que faz essas piadas horríveis??? e de mal gosto.. gente que bom que vc teve o bom senso de ir lá ver antes e ver qaue com ele não dá, né?

beijão

Mi disse...

Isso mesmo Lili...Desistir nunca..rs
Que bom que no final td deu certo...
Beijos.

Noivinha Lu disse...

Muito bem mocinha!!Eu tbém estou nesta batalha!! Preciso do meu celebrante!!

Beijoquinhas!

Laiz Malafaia disse...

Hahaha... vc ta certíssima! Tem que ir atras mesmo.
Que bom que conseguiu o que vc queria!

Falta pouquiiiinho, que nervoso!
Vc realmente parece estar bem tranquilo! Que Deus me dê essa tranquilidade tbm..rs

Júlia Magalhães disse...

bonita que bom que está tudo encaminhado!!!! =)

beijokasssssss

Danielle disse...

Parabéns, Lili! O celebrante é quem ajuda a dar o tom da cerimônia, é quem vai abençoá-los... tinha que ser obviamente alguém com quem você tivesse afinidade, que se sentisse tocada pelo que ele dirá, etc. Fico feliz que tenha resolvido isso!
BJs,
Dani

Aldianne Marques disse...

uhuhuuuuuuuuuuuuuu desiti NUNCA!!
parabéns linda
aiaiai tah chegando...

Fernanda disse...

Oi Lili

Parabéns linda! Q emoção, graças a Deus!
Lili, seu casamento vai sair do jeito q vc quer, vai ser perfeito e inesquecivel
Vc merece!!!

Bjão

Carla... disse...

Lili...

sabe que minha mãe falou??? Que ele é um amorzinho. Super carinhoso e que as pessoas adoram o jeitinho dele celebrar.

Acho que toda essa saga, era para que no final, você conseguisse o mais marcante na vida de vocês.

Beijocas,
Carla.